quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Minha amiga se tornou minha amante


Conheci uma garota na internet  e nos tornamos amigas (Jessica), ela namorava e eu também, sempre trocavamos confissões, ela falava da namorada dela e eu da minha, sendo que a namorada dela tinha muito ciúmes de mim, e sempre respeitamos uma a outra. Conversavamos quase todas as noites, falando coisas normais, sem maldade nenhuma.
Cheguei a conhecer sua mãe, e fui umas duas vezes em sua casa.
Ela era novinha, uma menina linda, rosto e corpo perfeito, seios medianos, um sorriso provocante, mostrando sempre o dentes ao sorrir com um ar de satisfação. E apesar do seu perfil de nerd e inocente, eu me fantasiava com ela, pelas coisas que ela me falava, cheguei algumas vezes me masturbar pensando nela. Sonhava com o dia em que eu pudesse ter ela em meus braços, nem que fosse para uma breve troca de carícias. 
Conforme os dias foram se passando, cada vez mais fomos ficando íntimas, e em uma conversa no MSN ela me confessou que fantasiava coisas comigo, e que estava ficando louca de tesão por mim. Na hora eu fiquei toda empolgada com a declaração dela e disse que também me sentia muito atraída por ela, começamos a falar umas sacanagens e ela me fez ficar toda molhadinha de tesão. Passei a noite pensando nela, louca pra chegar a noite do dia seguinte e a gente voltar a teclar. E assim fomos fazendo por uns dias, só falando sacanagens, ela me dizendo como gostaria de fazer, e eu dizendo que ia pegar ela de jeito e que tava louca pra ser dela. 
Um dia eu estava carente e louca de tesão "subindo pelas paredes", eu sabia onde ela morava, queria ver ela a qualquer custo, fui até sua casa e encontrei o portão semi aberto, encontrei e dei de cara com a mãe dela na cozinha, comprimentei e perguntei pela Jessica, e ela disse: "A Jéssica está no quarto, deve estar no computador, essa menina não sai de lá". Então subi as escadas e assim que cheguei na porta do seu quarto, pelo silêncio pensei que não havia ninguém, ou ela estivesse dormindo, mas quando me aproximei comecei escutar gemidos e gemidos e como eu não sabia, não sabia se tinha mais alguém com ela no quarto, estranhei.
Logo ouvi um dialogo:
- Isto chupa bem gostoso minha bucetinha, assim, vai amor...
- Aiii e eu adoro este seu dedo safado no meu cuzinho.
Fiquei perplexa ao perceber que ela estava fazendo sexo pelo telefone com a namorada enquanto a mãe estava em casa, mas dela eu já poderia esperar, ela adorava "o perigo". Me subiu um certo ciúmes misturado com uma vontade imensa, continuei espiando e foi aí que espiei o quarto pelo reflexo do espelho, avistei a Jessica sozinha na cama, completamente nua e se masturbando, o telefone no viva-voz emitia a voz de uma tarada.
Fiquei sem reação, paralisada a olhando e vendo ela se tocar intensamente e ainda dizia:
- Isto, uhmm mais forte, me fode gostoso e com força. aiii
Fiquei excitada com aquilo e imediatamente já comecei a me tocar, ela falava com a namorada tarada ao telefone, o notebook estava aberto em cima da cama o que indicava que era uma "brincadeira de pós MSN".
A vi gozar, ela gemia forte e suas perninhas tremiam, que delícia!!
Aumentei o meu ritmo e quando estava prestes a gozar me masturbando deliciosamente por ela, a ouví-la dizer:
- Amor foi muito bom, mas tenho que desligar porque minha mãe pode subir aqui a qualquer momento. Beijos e a noite te ligo.
Falou isto e desligou o telefone. Entrei no banheiro ao lado do quarto dela para lavar a minha mão, o rosto e fingir que nada aconteceu...
Jessica vestiu uma camisola e desceu as escadas encontrando com a sua mãe que disse ao lhe ver " KD A Bruna? Tá no computador?"
-Bruna ?
-É filha! Bom eu vou ter que dar uma saída, mais tarde eu volto!
Jessica subiu correndo as escadas e ao sair do banheiro dei de cara com ela, ela ficou vermelha, notei que ficou assustada, mas sem rodeios a peguei em meus braços a beijando calorosamente e a levando pra cama.
Tirei sua camisola e entre suas pernas encostei as minhas, como um animal selvagem. 
Fui passando minha mão pelo seus seios, pela sua barriga, pela sua buceta e ela foi fazendo o mesmo, primeiro bem tímidas. Depois tudo começou a esquentar e já não nos aguentavamos de tanto tesão. Eu estava muito molhada e senti que ela também estava ensopada. Me olhou, percebeu e sorriu maliciosamente. Eu adorei! Começei a beijar sua boca gostosa, seus labios carnudos e gostosos. Fui beijando seu pescoço, ela arrepiava toda com isso. Lambia sua barriga, mamei em seus seios, chupei cada um deles com toda vontade, ela gemia e eu adorava e me molhava cada vez mais. Beijei sua buceta dando tapinhas de leve, ela gemia e pedia, implorava para eu chupar ela gostoso, eu sorri pra ela e logo cai de boca naquela buceta cheirosa e molhada. Chupei todo aquele mel delicioso. Passei minha língua no seu clítoris e ela se contorcia de tanto prazer, me arranhando e puxando meus cabelos.Ela me puxou com força e beijou a minha boca, sentindo o sabor do seu mel. Fizemos um 69 e quando já não aguentavamos mais, nem nos davamos conta da hora.
Esfregamos nossas bucetas enquanto nos beijavamos loucamente. 
Fomos tomar banho juntas e a gente se ensaboava mutuamente e nos beijavamos. 
E quando acabamos o banho ficamos nuas em pé, uma com o dedo no clitoris da outra, estimulando, aquilo era ótimo e excitante.
Era uma sensação maravilhosa que eu nunca tinha tido antes, peguei ela no colo e a levei para o seu quarto, deitei ela na cama e comecei  a admira-la, ali peladinha na minha frente, então eu disse: "Não aguento mais, agora você vai ser minha!".
Abri suas pernas e passei o dedo na sua buceta, ela era rosadinha e apertada, enfiei o dedo e ela gemia baixinho. Em seguida comecei a passar a língua devagar e ao poucos fui enfiando a língua e mordendo seu grelinho. Ela se contorcia de prazer, gemendo pedindo pra eu continuar que estava muito gostoso. 
Nossos corpos tremiam, suavam. Enquanto eu a tocava, ela gemia bastante, com tanta excitação que não se aguentou e gozou em meus dedos. Me beijou devagar, mas meus dedos continuavam a te tocar. 
Ela me olhou com aquela cara de safada, e rapidamente enfiou os dedos em mim, com muita vontade e me deixando com muito mais tesão. 
Não tinha outra coisa a fazer, se não aproveitar o momento, segurei em sua cintura e pedi para ficar de quatro, penetrei meus dedos em sua buceta com força, comecei a fazer um vai e vem, ia tão fundo que ela ficava toda "Molinha", enfiei um dedo no seu cuzinho, ela rebolava como uma vadia, gemendo e gritando, dei uns tapas naquela bunda com vontada, enquanto se inclinava sobre ela para morder sua costas e seu pescoço. O vai e vem de seu quadril, fazia ela gritar. Eu estava com tanto tesão, parecia que ia explodir. Fui colocando com força meus dedos, 1,2,3,4 e ela gritava casa vez mais e isso fazia eu sentir mais tesão. Virei ela de frente, enquando eu batia naquela cara e falava: "diz que você está gostando, diz sua vadia". Comecei a dar umas mordidas em seus peitos, ela se contorcia e tentava puxar da minha boca, eu ouvia gemidos e suplicas de quero mais. Peguei um pênis de borracha e enquanto metia meus dedos em sua buceta, comecei a meter aquele pênis de borracha no seu cuzinho. Ela gritou, rebolando! Como ela era safada, por mais que estivesse doendo, ela estava gostando. Depois de longas mordidas, eu disse: "Estou gozando pra você". Ela já tinha gozado umas 5 vezes, satisfeita! 
Ela gemia de prazer, de dor e de tesão, gozamos feito loucas.  
Já havia passado umas 2 horas e nós duas nessa maravilhosa transa, sem preocupações. Transamos até anoitecer, ela deitou sobre mim e então eu disse que vi toda a cena de quando ela fez sexo por telefone, ela começou a se justificar, mas logo a interrompi, acariciando o seu rosto e a beijando. Nesse instante eu vi um brilho especial em seus olhos, Eu estava me sentindo uma mulher realizada, descansamos um pouco, nos vestimos e eu fui embora.
Algo poderia mudar em nosso relacionamento, no início nos evitamos durante um tempo, mas acabamos retomando nossa amizade e de uma forma muito mais intensa.

14 comentários:

Anônimo disse...

Me excitei muito.

Bruna Cattani disse...

Ameii muito exitante

Bruna Cattani disse...

Exitante de mais ameii o relato

Bruna Cattani disse...

Ameii muito exitante

Anônimo disse...

To com tesão... Gozei uma 5 vezes

Anônimo disse...

To moladinha con esssa jistoria

Anônimo disse...

Me gozei todinha

Anônimo disse...

Nossa minha buceta ta molhadinha

Anônimo disse...

voces mulheres sao tao gostosas como a bruna cattani !!!!! eu sou homem e bato punheta

Anônimo disse...

Muito excitante de mais :-*

Anônimo disse...

Fiquei molhadinha só de ler

Anônimo disse...

Gostosas demais me fizeram gozar gostoso viu to toda molhada :*

Anônimo disse...

Delícia, delícia de história... Quero te conhecer!!!! hahahahha

Anônimo disse...

Meeus Deus que histórias em fikei Molhadiinhaa em :0