domingo, 19 de dezembro de 2010

De novo e pra sempre! =X


Pelos caminhos de amor e de prazer que caminhei
Você é uma das pessoas que quero te-la novamente
Em meus braços, preenche com o meu colo os seus espaços
E se te quero muito, um tanto assim
Porque ficar sem você está sendo um castigo sem fim.

As doces lembranças que ainda tenho de ti
Os gestos de carinho, e o seu perfume me fazem te persegui
O mel que tinha em sua boca quando a beijei
Não me deixa sair da mente a vontade de você, de te ter.

Quero que você me tenha por inteira novamente
Quero seus beijos ardentes
tão doces... tão quentes...
Quero sentir o seu perfume
Com seus olhos brilhantes, me deixa ser sua amante

Para que possamos viajar
E deixar esse amor brotar
Quero um abraço eterno
Pra ficar com o seu cheiro na minha pele

Quero te sentir, quero te tocar
Esse louco prazer constante
Vou te beijar, tirar a sua roupa
Entrelaçar os nossos corpos
Lamber o seu pescoço
E fazer amor gostoso.

4 comentários:

Veleidade disse...

Que poema bonito e gosto de ler! Passional, cheio de imagens... Adorei! Faz muito meu estilo.

bjs

joice disse...

Deu pra ficar excitada :)

Concordo com a veleidade... sobre "cheio de imagens" dá pra ver nitidamente. Legal!

Victor Von Serran disse...

fora o poema que fez que é lindo e me excita de verdade...quero comentar o seu "quem sou eu"


simplesmente achei demais !
http://universovonserran.blogspot.com - Especial ano novo - Ao caminhar na tempestade

Felipe Matula disse...

Gostei do seu poema, simples e sincero ;)