terça-feira, 5 de abril de 2011

Diga não aos rótulos.



Todo mundo já deve ter ou ouvido por ai aquelas coisas do tipo:
- Tem a voz grossa? Ou é sapatão ou é travesti ¬¬
- Tem medo de barata? É gay.
- Troca gás, chuveiro, e lâmpada? Só pode ser sapatão.
- Usa camiseta rosa? É gay.
- Homem com cabelo grande? É gay! Mania das pessoas acharem que gay tem que ser afeminado, e que lésbica é mais masculina.

Gay não tem que ser afeminado, e nem lésbica masculina. Cada um tem que ser o que é, de acordo com o que te faz bem, e feliz.

Tudo bem que na infância da galera homossexual, a maioria tem algum “talento” de fábrica.
Eu por exemplo empinava bicicleta, pipa, jogava bolinha de godê, e quando brincava de Barbie sempre gostava de ser o “Ken”, risos. E o meu melhor amigo amava ser a Barbie (nós invertíamos os papeis, risos) e claro ele é gay.
Mas isso não é geral gente, as pessoas precisam parar de rotular as outras, e dar oportunidades.
- Mulher não pode ter cabelo curto que é sapatão, mesmo sendo lady o povo desconfia, tipo assim a Rihana no caso é lésbica?
- Homem com cabelo grande é gay, tipo o Falcão (do Rappa) e o Murilo Benício (em o clone) são gays no caso? .

Uma vez eu fui à porta de uma balada GLS aqui em SP, chegando lá uma “colega” olhou pra mim e disse: - Pensei que você fosse sapatão!
Eu fiquei sem entender, mas sabe por que ela disse isso? Porque eu estava com uma blusinha rosa –‘, ou seja, sempre rola esses tipos de rótulos, até no nosso meio.
Tudo bem que são índices, mas lembre-se que nem tudo que parece, é.
- Não é porque eu sou sapatão que eu vou gostar de brincar de lutinha, andar de skate, tocar violão, soltar rojão, usar cueca, e coisas do tipo.
- Não é porque ele é gay que ele vai ter a unha grande, vai se pintar e usar vestido!
O homossexual não quer ser mulher! Ele é um homem que gosta de outro homem. E por ai vai... A casos e acasos, não julguem ninguém além de você mesmo.

Achei esse teste em um blog, confiram!

4 comentários:

Valdir Silva disse...

Esse texto diz tudo sobre as pessoas enrustidas e sem coragem de assumir o que é e do que gosta, pois é fácil dizer que fulano é isso pq usa aquilo e assim vai. Mas na verdade são pessoas infelizes por não serem verdadeiramente o que são e não se assumem ai pra essas pessoas é mais fácil rotular do que se assumir. Tenho pena dessas pessoas.

Dayane Pereira disse...

COnheço lésbicas bem femininas, e gays que vc nunca acharia que são. Odeio rótulos, porque a gente se engana muito se confiar neles, necessário conhecer a pessoa "de verdade".

Flor com Espinhos disse...

vc foi linda neste escrito. RESPEITO.

Drinha disse...

Temos a tendência natural para rotular, para só pela imagem achar isto ou aquilo!
A aparência é tantas vezes uma capa contrária ao que realmente está do lado de dentro...
Há que conhecer para perceber e não criticar, essa é sempre a maneira mais fácil!