quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dois corpos, uma alma.


Vou abrir as portas

E as janelas do meu coração

Vou deixar o amor novamente entrar

Porque só ele me leva até você

Vou gritar e dizer: Eu preciso de você!

Do seu abraço

Do seu beijo

Do seu perfume

Da sua voz no meu ouvido

Do seu sorriso

Vem alimentar a minha alma

Com todo esse carinho

Que só você sabe me dar

Vem e me beija

Vem e me abraça

Vem e me chama

Vem e me ama, na cama!

Eu ainda sinto o seu perfume no ar

Já fiz de tudo, mas tudo não é nada.

Perto do que eu sentia ao seu lado.

Já até beijei alguém para esquecer o seu sabor

Abracei para esquecer o seu calor

Mas perdi a noção, o controle do meu corpo.

Ele te chama, te implora, te espera.

Porque só o seu corpo junto ao meu

Faz meu coração disparar, delirar.

E juntas: Formamos um belo par.

Quero ser pra sempre sua, só sua.

Um comentário:

Sil.. disse...

Bruna, ahhhh, o amorrrrrrrrrr...

Tem coisa melhor, me diz??

Um abraçãooooooooo minha flor!